Translate

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Cientista britânico afirma ter tirado foto de organismo extraterrestre

vida alienígena em cristal de sal

Segurem-se para o impacto!  Cientistas recém anunciaram ter capturado a primeira imagem de uma entidade extraterrestre viva!  Não se engane. Estes seres não se parecem com homenzinhos verdes ou coisa do tipo.  Este é um organismo vivo, totalmente alienígena e esta imagem é, de acordo com a equipe científica, prova de que vida extraterrestre existe no espaço, fora da atmosfera do nosso planeta.

O estudo foi conduzido por cientistas do Centro para a Astrobiologia da Universidade de Buckingham (BCAB), sob a supervisão do Professor Milton Wainwright.  Os cientistas disseram que a descoberta dá respaldo à teoria da panspermia, a qual diz que a vida na Terra originou no espaço.  Eles também disseram  que esta descoberta apoia a teoria de que partículas vivas continuam a cair na Terra, do espaço.

Os pesquisadores isolaram os organismos pequenos de fragmentos que foram coletados na fronteira da estratosfera com o espaço, usando imãs poderosos.  Os detritos foram coletados como parte de um projeto conduzido em Derbyshire, e envolveu o envio de balões para altitudes de 30 quilômetros dentro da estratosfera, próximo da fronteira com o espaço.

De acordo com Wainwright, a imagem acima mostra um grão de cristal de sal com entidade amorfa anexada à sua superfície.

“A foto ilustra o que acreditamos ser um micróbio alienígena na alta estratosfera.  Nossa equipe causou uma comoção nos últimos dois anos, pela alegação de que estes micróbios estejam continuamente chegando à Terra, vindos do espaço.  Nossos críticos têm sido muito incisivos no descarte do nosso trabalho, mas ainda ninguém forneceu uma explicação alternativa viável para a nossa revisão de trabalho por colegas.”

O grão de sal foi descoberto com elementos raros, tais como o disprósio, lutécio, neodímio e nióbio, disseram os cientistas.

Wainwright explicou que, “pelo que podemos dizer, a partícula não tem nenhuma relação com nada encontrado na Terra.  Este último lançamento também é empolgante porque a equipe encontrou partículas contendo os assim chamados elementos raros, à uma altitude de quase 30 quilômetros na estratosfera.  Estas massas de partículas são grandes demais para terem sido carregadas da Terra e, como as forma de vida alienígenas que encontramos, devem estar vindo do espaço para a Terra.”

Esta não é a primeira vez que cientistas encontraram evidência de vida extraterrestre.  Em 30 de janeiro de 2015, eles anunciaram ter encontrado evidência de formas vida extraterrestre chovendo na Terra numa “esfera de titânio”.

Porém, as descobertas da equipe continuam sendo vistas com suspeita pelos pesquisadores científicos convencionais, os quais dizem que Wainwright, Wikramasinghe e seus colegas do movimento da teoria da panspermia não forneceram evidências científicas convincentes que apoiem suas teses.


Fonte das informações: www.messagetoeagle.com Via OVNI HOJE

#Naty