Translate

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Plutão pode abrigar a vida alienígena, diz cientista

Plutão

A recente revoada da sonda New Horizons da NASA por Plutão abriu uma nova visão desse planeta anão, fornecendo aos cientistas uma enormidade de dados para estudarem os mistérios do que foi uma vez chamado de planeta mais externo do sistema solar.  Sua localização extrema no nosso sistema solar significou que, por muito tempo, Plutão foi considerado nada mais do que um local frio e pungente.  Apesar destas noções ainda serem verdadeiras, a New Horizons levou algumas pessoas a sugerirem que Plutão não seja tão desolado quanto anteriormente se pensava, e poderia até mesmo abrigar vida alienígena.

O Professor Brian Cox, um físico britânico conhecido por muitos de seus shows educacionais no Reino Unido, diz que os dados vindos da New Horizons sugerem que Plutão seja o lar de um significativo oceano subterrâneo, e deve assim ser considerado como candidato a abrigar a vida alienígena.+

“[A New Horizons] mostrou a você que pode muito bem haver um oceano subterrâneo em Plutão. [Isto] significa – se nossa compreensão da vida na Terra for pelo menos levemente correta – que você poderia encontrar coisas vivas por lá.”+

Quando a New Horizons se aproximou a 12.500 km de Plutão, ela descobriu o que pareciam ser grandes montanhas, as quais muitos agora acreditam serem formadas de gelo.  Estes gigantes de gelo levaram os especialistas a sugerirem que sejam alimentados por um oceano subterrâneo de água no estado líquido, a qual se eleva até a superfície e congela ao entrar em contato com as temperaturas de -233 Celsius em Plutão.

“Infelizmente, [Plutão] não é tão acessível quanto Europa [uma das luas de Júpiter] ou algumas das luas de Saturno.  Titão parece agora que possui um oceano subterrâneo, e Enceladus jorra líquido para o espaço, assim você pode voar através disso e ver se há algum material orgânico.”+

Assim, apesar de Plutão não poder nos fornecer esta informação, a comunidade cientifica agora está muito mais otimista de que a vida alienígena possa existir no nosso sistema solar. Com a NASA já planejando uma missão para Europa, pode ser que a humanidade logo obtenha a resposta para a questão final se estamos ou não sós no Universo.

“O que a ciência está nos dizendo agora, é que a vida complexa provavelmente é rara. Somos fisicamente insignificantes e ainda provavelmente muito valiosos. Também estamos num estágio, com a nova geração de telescópios, onde podemos olhar para a luz vinda através das atmosferas dos planetas lá fora e começar a caracterizá-la.  Poderemos detectar a vida em outros planetas antes de a detectarmos no sistema solar, e isto é excitante.”

Fonte: www.outerplaces.com via, OVNI HOJE


#Naty