Translate

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Revelam o mistério de um crânio que data do século XV




Um grupo de pesquisadores italianos resolveu o mistério de um crânio humano que data do século XV, com vários buracos bem perfurados e está em exposição na Catedral de Otranto, na Itália.

Apesar de ser colocado ao lado de centenas de crânios, era o único que tinha 16 buracos perfeitamente redondos de diferentes tamanhos e profundidades . Agora, pesquisadores da Universidade de Pisa revelou que o pó de osso do crânio foi usado no tratamento de doenças , como paralisia, derrame cerebral e epilepsia, relata " Discovery News ".

Essas doenças, de acordo com a informação disponível, acreditava-se que surgiu por causa de poderes mágicos ou demoníacos. Este crânio pertencia a um homem que foi executado junto com outros 800 homens e, na Idade Média, acreditava-se que o crânio  santos de pulverização ou pessoas que foram mortas era eficaz no tratamento de tais doenças.

Os cientistas estimam que a perfuração do crânio de Otranto foi feita cerca de 300 anos após a morte em 1711 . No entanto, ainda é desconhecida por que o crânio foi escolhido em particular.
RT