Translate

segunda-feira, 9 de março de 2015

Cientistas descobrem origem da AIDS


O cientista norte-americano David Quammen afirma ter descoberto o momento exato em que o vírus do HIV começou a se espalhar por todo o planeta. Ele desenvolve sua teoria no livro “The Chimp and the River”, no qual remonta ao ano de 1908 para fixar o instante em que um animal contaminou um ser humano com o HIV pela primeira vez. De acordo com Quammen, foi um chimpanzé que infectou um caçador em uma selva tropical localizada ao sudeste de Camarões. E foi esse caçador que, sem saber, depois de ter matado o animal, teria iniciado a propagação do vírus em escala mundial, ao transmiti-lo para várias pessoas através de relações sexuais.

Segundo essa cronologia, baseada em estudos genéticos detalhados, a linhagem primitiva do HIV chegou, inicialmente, na cidade de Leopolville (hoje Kinshasa), no Congo. Depois, teria se expandido para outros lugares com a utilização médica de seringas hipodérmicas reutilizáveis. Foram essas seringas que causaram a massificação do vírus, o qual se propagou com a transmissão sexual. O HIV saiu da África e chegou ao Haiti em 1969, para, em seguida, entrar nos EUA, conforme afirma polemicamente Quammen, por culpa de um mordomo homossexual chamado Gaëtan Dugas, que teria infectado, aproximadamente, 40 pessoas.