Translate

domingo, 29 de março de 2015

Cientistas fazem uma experiência e mostram que Einstein pode estar errado


A mecânica quântica é uma das teorias melhor comprovadas na ciência, e um dos poucos que permitem que os físicos comecem a fazer experiências para demonstrar que Einstein estava errado.
Uma equipe de cientistas da Universidade de Griffith, na Austrália, e da Universidade de Tóquio, no Japão, mostrou que Albert Einstein estava errado, revelando que a medição de uma partícula afeta a sua localização.

Nos anos 1920 e 1930, Albert Einstein disse que não poderia apoiar esta ideia, que ele chamou de "ação fantasmagórica à distância" . De acordo com este fenômeno uma partícula pode estar em dois locais ao mesmo tempo, medindo o seu estado. De acordo com a mecânica quântica, uma partícula pode ser descrita por uma função de onda que se propaga ao longo de grandes distâncias, mas nunca detectada em dois ou mais lugares.

Einstein não acreditava que havia "ação fantasmagórica à distância", porque o fenômeno viola a teoria da relatividade , que a velocidade da luz é um limite para a velocidade com que qualquer sinal pode viajar.

Os cientistas dividiram um fóton entre dois laboratórios e mediram suas propriedades de onda, determinando que a medição de propriedade de uma partícula quântica em um só lugar afeta o que você vê em outros lugares , enquanto que a interação entre os dois ocorre mais rápido do que a velocidade da luz.
RT