Translate

sexta-feira, 6 de março de 2015

Empresa russa garante que o problema da ressuscitação de pessoas criogenizadas será resolvido


Uma empresa russa, especializada em criogenização, respondeu algumas das principais dúvidas sobre a possibilidade de ressuscitar pessoas que tenham sido congeladas imediatamente após sua morte. Em relação aos avanços científicos necessários para trazer de volta à vida um corpo criogenizado com sucesso e o tempo que isso poderia levar, a empresa KriorUS afirma que, atualmente, isso é impossível, mas que a criobiologia avança a passos gigantescos.

No momento, a empresa está na corrida da vitrificação. Essa é uma tecnologia na qual os líquidos do organismo, através do congelamento adequado, não se transformam em cristais, mas em gel duro. Existem vários experimentos bem-sucedidos em animais, embora, no presente, ressuscitar alguém requeira uma tecnologia que existe apenas conceitualmente.
Reviver o organismo de um mamífero criogenizado será impossível em um futuro próximo ainda. “É necessário considerarmos que, hoje em dia, inclusive na medicina tradicional, o tempo médio entre a invenção e a prática é de 17 anos, e somente nos países de vanguarda tecnológica, de modo que não podemos esperar que apareçam tecnologias capazes de ressuscitar pacientes criogenizados antes de 50 ou até 100 anos. Embora tudo seja possível”, afirmou um porta-voz da empresa.
Fonte: RT 
imagem: anyaivanova