Translate

quinta-feira, 23 de abril de 2015

BOB LAZAR


Em 1989, o físico americano Robert "Bob" Lazar fez declarações literalmente inacreditáveis à TV KIAS, de Las Vegas. Ele afirmava que tinha sido contratado pelo governo americano, alguns anos antes, para estudar o sistema propulsor de discos voadores capturados. Segundo Lazar, naves extraterrestres estariam escondidas na famigerada ÁREA 51, base da Força Aérea no deserto de Nevada, onde ele supostamente havia trabalhado. Isso já seria uma bomba, mas não era tudo. Lazar também dizia que no imenso complexo subterrâneo existente na Área 51 viviam estranhos alienígenas cinzentos, baixinhos, de cabeças ovaladas e imensos olhos negros. Os militares americanos e os extraterrestres teriam feito um acordo secreto nos anos 1950.

Mas o pacto alienígena-americano terminara ou fora seriamente abalado em 1979 quando, segundo Bob Lazar, acontecera uma discussão entre os aliens e os guardas da base. O confronto terminara com a morte de vários humanos. O físico não sabia dizer se os dois lados haviam chegado a um entendimento depois do incidente. Mas ele suspeitava que não. E especulava, como o coronel Philip J. Corso, que o projeto de militarização de satélites conhecido como STAR WARS, criado no governo Reagan (1980-1988), tinha como objetivo verdadeiro defender o planeta de uma possível invasão alienígena. A Força Aérea americana desmente, é claro, todas as denúncias de Lazar. Os militares também afirmam que ele nunca trabalhou para eles. Bob Lazar contra-argumenta, afirmando que seus registros profissionais foram "apagados" numa campanha para desacreditá-lo. Para provar que fala a verdade, ele até explica como funciona o sistema de propulsão dos OVNI’s: eles não voam, mas deslizam sobre um feixe de microondas criado por um motor de anti-matéria. Acredita?