Translate

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Estudo genético sugere quando primeiro ser humano teria vivido


Quem era e quando viveu o ser mais ancestral de toda a humanidade? Cada religião tem sua versão sobre quem teria sido o primeiro homem da nossa espécie. Como não poderia deixar de ser, a ciência, também tem a sua hipótese.

Cientistas islandeses, que realizaram o estudo genético mais completo já feito sobre o assunto em seu país, afirmaram que o “Adão da ciência” viveu há 239 mil anos. Os pesquisadores sequenciaram os genes de 2.636 homens islandeses. Como na Islândia vivem 320 mil habitantes, foi possível ter uma perspectiva detalhada do genoma de uma nação inteira, o que contribui para a compreensão da diversidade humana através da sequência do DNA.
A análise genética permite entender o panorama de mutações dentro de uma espécie, e, investigando a diversidade de mutações na população islandesa, os cientistas conseguiram calcular a idade da raça humana. Seu resultado diverge de outros cálculos, como o realizado na Universidade do Arizona em 2013, segundo o qual o pai de todos os homens teria vivido há 340 mil anos. Mas, ainda assim, a pesquisa dos cientistas islandeses é a que mais se aproxima da idade máxima da “Eva mitocondrial”, a predecessora feminina comum de toda a espécie humana, à qual é atribuída uma idade de 200 mil anos.
Fonte: RT