Translate

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Exploradores encontram tesouro pirata de William Kidd


Em Madagascar, uma equipe de mergulhadores americanos e britânicos encontrou um lingote de prata de 50 kg, que teria pertencido a um tesouro do capitão William Kidd, famoso pirata escocês do século XVII.

O acontecimento foi divulgado pelo Palácio Presidencial de Madagascar, que publicou no Twitter várias fotografias do lingote, afirmando que o tesouro é autêntico e que, no local onde foi achado, certamente deve haver muitas outras barras de prata. No entanto, a incredulidade sobre o objeto ser de fato um dos tesouros de Kidd, pirata que viveu entre 1645 e 1701, domina a opinião pública do arquipélago.
O lingote estava entre os escombros de um navio, nas imediações da Ilha de Santa Maria, que, há anos, são atribuídos ao Adventure Gallery, propriedade de Kidd, afundado em 1698. “Para mim, é a prova irrefutável de que temos diante de nós o tesouro do (navio) Adventure Gallery do capitão William Kidd”, afirmou o arqueólogo John de Bry.
O pirata William Kidd, mais conhecido como Capitão Kidd, nasceu na Escócia, em 22 de janeiro de 1645, e foi retratado na literatura por Edgar Allan Poe e na cultura popular norte-americana por meio de quadrinhos e de games.
O número de tesouros misteriosos espalhados pelo mundo está cada vez maior com o passar dos anos e com diversas descobertas ao redor do globo. Existe um tesouro que ainda faz parte do fascínio de muitos caçadores de tesouros no mundo, o tesouro da Ilha de OAK ISLAND. As lendas e hipóteses são diversas, mas uma que não sai da cabeça dos exploradores que chegam na ilha, é de que ali foi um refúgio de piratas.