Translate

sábado, 30 de maio de 2015

FRENTE DE LIBERTAÇÃO DOS ANÕES DE JARDIM (FLNJ)


Misterioso comando francês que se especializou na defesa intransigente dos anões de jardim. Os seres de pedra são seqüestrados das residências onde se encontram e libertados em florestas, hábitat natural das criaturinhas, segundo o grupo. Numa de suas ofensivas, em junho de 2002, o grupo deixou mais de 202 anões num campo de futebol para protestar contra o aprisionamento dos gnomos e a perfor­mance da seleção francesa na Copa do Mundo. A Frente, cujo nome original é Front de Libération des Nains de Jardins, gerou imitadores no mundo inteiro, como o italiano do Movimento Autônomo per Ia Liberazione delle Anime da Giardino, mas também gerou opositores ferozes como o também francês Mouviment d'Emancipation de Nains de Jardin (MENJ), que é pacifista e não aprova o seqüestro de anões.
Embora a Frente de libertação dos Anões de Jardim não tenha representantes no Brasil, o Movimento de Emancipação dos Anões de Jardim já tem: chama-se Associação dos Libertadores de Anões de Jardim (ALAJ) e tem até website:
O autor do livro "Conspirações - Tudo O Que Não Querem Que Você Saiba" suspeita que as diversas organizações pró-anões sejam incentivadas, idealizadas ou manobradas pela OM (Operação Mindfuck). Afinal, o Princípio Discórdia, manifesto programático dos seguidores do DISCORDIALISMO, afirma que a história de Branca de Neve e os Sete Anões têm um significado esotérico oculto. Eles não explicam qual é, mas juram que tem.