Translate

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Descoberto perto do Stonehenge esqueleto de uma criança da Idade do Bronze



O esqueleto de um adolescente, que viveu há 4.000 anos, foi descoberto durante escavações a apenas 25 quilômetros de Stonehenge, na área do Vale de Pewsey, que é considerado parte de um grande complexo funerário da Idade do Bronze.

Os restos mortais foram encontrados em posição fetal, com as pernas dobradas tocando o peito, os braços cruzados e com a cabeça voltada para a direita, relata BT no Reino Unido. O pescoço do esqueleto foi adornada com um colar de âmbar. Arqueólogos da Universidade de Reading (Reino Unido), que realizaram escavações na área durante seis semanas, expressaram a esperança de que este achado vai ajudar a lançar luz sobre a vida de povos antigos que viviam em torno de Stonehenge.

"Os resultados das primeiras cinco semanas de escavação foram emocionantes, mas como muitas vezes acontece durante as escavações, o melhor está no último estágio. O esqueleto é uma descoberta maravilhosa", disse o arqueólogo Jim Leary.

O cientista explicou que uma análise mais aprofundada irá fornecer informações sobre sexo, dieta, possíveis patologias e data do enterro da criança. "Ele também pode lançar luz sobre onde este jovem tinha vivido", afirmou Leary. Além dos ossos, os arqueólogos encontraram no Vale de Pewsey pontas de flechas, facas, cerâmica, cobre, pulseiras e broches e outros artefatos romanos.