Translate

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Descobrem um buraco negro supermassivo que "engole" a sua galáxia


Uma equipe internacional de astrônomos descobriu um buraco negro estranho que cresce mais rápido do que a sua galáxia hospedeira. Este fenômeno incomum até então desconhecido mudou completamente a percepção científica destas regiões finitas do espaço.

Os cientistas envolvidos na pesquisa dizem que a descoberta parece ir contra a razão da maioria das observações realizadas até agora, porque se acreditava anteriormente que os buracos negros crescessem ao mesmo ritmo que as galáxias que hospedam, de acordo com revista "Science" .

O buraco negro supermassivo gigante, que foi descoberto na galáxia CID-947  não é como os outros e está crescendo mais rápido do que a sua hospedeira. Além disso, eles dizem que é um dos maiores buracos detectados até agora, cuja massa é equivalente a 7 milhões de sóis.

É relatado que ao lançar mais luz sobre este novo fenômeno os pesquisadores investigaram esta região finita do espaço, utilizando o radiotelescópio Alma, localizado no Chile.

"Desde o início nosso projeto ia estudar buracos negros que vivem no centro de galáxias típicas que vemos hoje. Para nós foi surpreendente encontrar um buraco negro tão grande a esta distância, no espaço profundo", comenta o coautor do estudo, Megan Urry da Universidade de Yale (EUA).
RT