Translate

terça-feira, 21 de julho de 2015

::: REALIDADE E A ENERGIA ELETROMAGNÉTICA DO AMOR. :::


Amor é uma energia eletromagnética. Uma energia de coesão, que no seu oposto, na versão do medo, pode ser usado para destruição da harmonia e coerência, já que a energia harmônica se expressa coerente e bela no mundo das formas, sob a estrutura da fração áurea, ou número áureo e a geometria cósmica.
É essa energia, o Amor, que agrega e dá uma intenção, um propósito para frequências energéticas se manifestarem na matéria diferenciada.
A polaridade e o espelhamento é o que existe na terceira dimensão de espaço, quarta de tempo, onde vivemos e para manifestá-la de forma coesa, coerente, harmônica, criando a mais perfeita geometria cósmica, precisamos vibrar na energia do Amor, no Estado de Amar, na coerência.
Eu costumo dizer e usar uma avaliação para analisar o que pertence ou não, à manifestação da LUZ no mundo das formas: “O que é de Deus é lógico e coerente. Se algo não é lógico e coerente, não pertence a Deus”.
Esse é um excelente e fundamental estado de SER. Nós Seres Humanos, estamos passando por um processo de transformação da nossa Consciência, o que se traduz em um conceito muito simples, que é APRENDER A ESTAR NO ESTADO DO AMOR, com o mundo todo, no qual existimos como uma expressão de realidade; aprendendo a estar neste estado de amor com o Universo Todo, ou o completo Multiverso, com a criação como um todo.
AMOR é a VIBRAÇÃO PRIMÁRIA através da qual tudo foi criado, pelo Criador Infinito. É a fundamental substância, é a matéria-prima que se utiliza para ser transformada em sua realidade manifestada.
Nós falamos a respeito de Amor, o tempo todo, em músicas, poesias, em filosofia, mas falta a compreensão real quanto ao AMOR ser a essência da criação em si.
Tudo na nossa realidade física, incluso a ilusão da realidade não física – qualquer experiência, qualquer concepção, qualquer coisa que possa ser imaginada – é originária da “fibra/matriz” do amor, a exata energia requerida para florescer no tipo de realidade que pode ser experienciada pela sua consciência – seja lá a forma que você criou sua consciência para ser.
Quando se fala na ideia de como criar nossas realidades, refere-se a estas realidades no mundo da forma, com a aparência e expressão que desejamos que tenham.
Assim, tudo está conectado com o processo de aprendizado de como se manter no amor, como se identificar com a vibração básica fundamental, da qual tudo é criado.
Somos todos Criadores Naturais e criamos automaticamente, o tempo todo, sem trégua.
Se trocarmos a nossa percepção quanto “o agora/ o momento presente”, estaremos conscientes de sermos os criadores criando nossa realidade, e ao estarmos conscientes deste ponto, virá a nós a alternativa de escolhermos a realidade na qual desejemos manifestar mais e viver.
Trata-se apenas de estarmos conscientes e de nos recordarmos do que e quem realmente somos.
De uma maneira simples...Nós somos os criadores de nossa realidade fisiológica, mas o mais difícil é entender que esse mecanismo é diretamente ligado com as nossas definições, a qualificação dada quanto aquilo que a pessoa deposita atenção.
Isto vai de encontro com as mais modernas teorias da física quântica. Quando observamos e definimos algo...assim será. Sua imaginação e atenção dá vida, a existência conforme você a experienciará.
M.C. Pereda