Translate

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

EMARANHAMENTO QUÂNTICO:


É possível que pessoas estejam conectadas dessa forma?
Pessoas que atuam, pensam e sentem da mesma forma e as vezes, ao mesmo tempo, tal e qual gêmeos idênticos costumam declarar; casais que se identificam com o conceito de Almas Gêmeas...invenções idênticas, criadas por pessoas que nunca tiveram contato entre si; pressentimentos que acabam acontecendo.
Como a ciência explica estes fatos estranhos?
O Entrelaçamento Macroscópico foi provado pela ciência em 2011, além do já demonstrado em escala microscópica. Mais um experimento que demonstrou as leis da mecânica quântica, onde em escala macroscópica, cientistas interconectaram dois cristais de diamantes por meio do entrelaçamento.
O entrelaçamento quântico - ou emaranhamento - ocorre quando duas partículas interagem uma com a outra de tal forma que seus estados quânticos se tornam interdependentes.
Isto significa que, mesmo quando eles são distanciados um do outro, o que afetar um deles irá instantaneamente afetar o outro.
Em escala subatômica, esse estranho mecanismo tem sido utilizado para experimentos de criptografia e computação quântica.
Mais recentemente, os cientistas começaram a descobrir formas de fazer com que essa "ação fantasmagórica à distância", como Einstein chamava o entrelaçamento, possa ser observado em objetos macroscópicos.
Os cientistas acreditam que o fenômeno poderá ser explorado em futuras arquiteturas de processamento quântico de informações, criando qubits menores em chips cristalinos.