Translate

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

TEMPLÁRIOS

A Ordem dos Cavaleiros do Templo foi criada em 1118 para proteger as rotas de peregrinação e comércio que liga­vam o Reino Cristão de Jerusalém à Europa. Foi o primeiro exército regular e uniformizado a surgir no Ocidente depois do fim do Império Romano. Apoiados financeiramente pela Igreja, esses monges combatentes viraram ricos proprietá­rios de terra e foram os primeiros banqueiros da cristanda­de. Chegaram até a ínventar uma espécie de "ordem de pagamento": o peregrino fazia um depósito numa fortaleza templária da Europa e resgatava o dinheiro quando chegava à Terra Santa.
A riqueza da Ordem acabou despertando a cobiça do rei da França, Felipe, o Belo, que acusou os templários de heresia e queimou a maioria dos cavaleiros na sex­ta-feira 13 de 1307. Mas a inquisição tinha de inventar um bom motivo para o churrasco e, por isso, afirmou que os templários cultuavam um demônio de três ca­beças chamado Baphomet. Isso produziu todo tipo de teoria conspiratóría. Uma delas é que Baphomet nada mais era que a cabeça embalsamada de Cristo, encon­trada pela Ordem nas ruínas do Templo de Salomão. Outra é que os templários teriam descoberto a verda­deira natureza do SANTO GRAAL e, por isso, tiveram de arder na fogueira.