Translate

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Garotinho aspirante a repórter realiza seu sonho: entrevistar o administrador da NASA


Qual criança de 10 anos não adoraria a oportunidade de ir até a sede da NASA e conversar com o administrador da agência espacial americana? O garoto Max, de 10 anos, teve essa chance na última segunda-feira (23).

Há cerca de duas semanas, uma foto do menino com seu pai foi publicada nas redes sociais doHumans of New York, um projeto fotojornalístico no qual as histórias e imagens de pessoas comuns da cidade são contadas. “Meu pai viaja ao redor do mundo e aprender coisas sobre as notícias. Uma vez ele conheceu um rei. Eu queria ser um repórter também. Se eu fosse um repórter nesse momento, eu provavelmente escreveria uma matéria sobre a possibilidade de a NASA lançar um novo foguete no espaço. Eu começaria conversando com o diretor da NASA. Depois eu perguntaria para ele sobre os foguetes. E se algum outro deles vai para o espaço”, disse Max na ocasião.
 (Foto: Reprodução/Facebook)
A agência espacial americana tomou conhecimento sobre a história do menino e convidou ele e sua família para visitarem sua sede em Washington, capital dos Estados Unidos.
Max sentou frente a frente com Charles Bolden, administrador da NASA, e perguntou a ele sobre a possibilidade de novos foguetes irem para o espaço e o que a agência espacial conseguirá fazer durante a vida do menino.
"Eu descobri que em 2030 nós estaremos em Marte! Depois, Bolden (que é um homem muito legal) me disse que 90% do filme Perdido em Marte é de verdade, exceto o tamanho da tempestade de areia, porque a atmosfera do planeta é muito densa. Depois da entrevista, nós fomos no Centro de Operações Espaciais da NASA, onde eu assisti o Sol nascendo ao vivo da estação espacial - eles assistem a isso 16 vezes por dia. Eu me diverti muito e espero poder trabalhar como jornalista de novo", contou o garoto.
menino nasa (Foto: Flickr/NASA)
menino nasa (Foto: Flickr/NASA)
Vale a pena assistir o vídeo (em inglês) e conferir a galeria de fotos da agência no Flickr.