Translate

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Novo telescópio ‘poderia salvar a Terra da colisão com asteroide’


Um novo telescópio poderia proporcionar um alerta vital antecipado sobre o impacto devastador de um asteroide, mas seu projeto enfrenta um ‘pequeno’ problema.

O projeto NEOCam precisa de meio bilhão de dólares — sem esses recursos, seria impossível.
O telescópio espacial infravermelho não seria utilizado para procurar os asteroides gigantes, verdadeiros ‘exterminadores de planetas’ —, como o que supostamente eliminou os dinossauros — já que os telescópios atuais se encarregam de vasculhar o espaço em busca de objetos celestes.
Em vez disso, ele seria usado principalmente para observar os objetos menores próximos à Terra — o telescópio infravermelho seria capaz de detectar um número dez vezes maior de pequenos asteroides que cruzam a órbita terrestre.
Calcula-se que milhões de pequenos asteroides, presentes no sistema solar, ainda não foram detectados.
Uma explosão causada por um impacto menor poderia arrasar uma cidade — em 1908, ocorreu o fenômeno conhecido como “Evento de Tunguska”, causando a devastação de uma área florestal de aproximadamente 64 quilômetros de largura, depois que um meteoro explodiu no ar.
O projeto NEOCam é uma das cinco propostas que concorrem ao financiamento do programa NASA Discovery.
O projeto está sendo analisado e conta com uma equipe responsável pela execução de seu design conceitual.
Em setembro de 2016, a NASA anunciará sua decisão final.