Translate

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Um misterioso objeto passará próximo à Terra em 2017. Cientistas não sabem sua origem


Um misterioso objeto, conhecido como 1991 VG, foi descoberto em novembro de 1991 pelo astrônomo James Scotti, da Universidade do Arizona.

Hoje, muitos teóricos da conspiração dizem que se trata de uma genuína ‘sonda alienígena’, que foi deliberadamente programada para passar próxima da Terra em 2017.

O objeto tem confundido os astrônomos desde que foi descoberto, principalmente devido à sua estranha rotação e longevidade no espaço.  Algumas pessoas acham que ele seja uma seção do foguete da missão Apolo 12, mas de acordo com Scotti provavelmente é algo diferente:

“Olhamos as possibilidades dele ter sido feito pelo homem.  Há poucas espaçonaves e pedaços de foguetes possíveis que poderiam ser o 1991 VG.  Mas quando olhamos em cada um, fomos capazes de eliminar todos eles.”

De acordo com outras pessoas, o estranho objeto também pode ser um foguete soviético secreto da era da Corrida Espacial.  Se de fato os soviéticos tiveram foguetes igualmente poderosos como os dos EUA, é possível que eles lançaram um para chegarem até a Lua, mas acobertaram o fato porque as coisas poderia não ter ocorrido de forma correta.

Quando o 1991 VG foi descoberto, ele tinha por volta de 10 metros em diâmetro, passando a 450.000 km da Terra. O objeto mostrou uma rápida taxa de rotação e seu brilho variava.  Por todo aquele tempo, este tipo de comportamento nunca havia sido observado em qualquer asteroide de tamanho similar.  A órbita do objeto também foi similar à órbita da Terra.  Após agregar maiores informações sobre o 1991 VG, Scotti percebeu que o objeto tinha passado pela Terra em março de 1975.  Novamente isto é algo que não é característico de asteroides.  Eles tendem a não passar duas vezes pelo mesmo ponto.

Duncan Steel, um astrônomo da Universidade de Adelaide – Austrália, sugeriu que o objeto poderia ser uma “sonda alienígena observada na vizinhança de nosso planeta”.  Ele somente mencionou esta teoria, para derrubá-la.  Em mais entrevistas, ele tinha declarado não estar convencido que o 1991 VG tivesse uma origem extraterrestre.

Isto não parou os teóricos da conspiração a continuarem espalhando ideias de que o objeto seja de origem extraterrestre.  Eles ainda citam o trabalho de Steel como sua fonte principal.

Esta é a órbita do 1991 VG.  Scotti percebeu que este objeto tinha passado pela Terra mias uma vez em março de 1975.

Quando voar próximo da Terra em 2017, ele somente será visto no hemisfério sul.  Desde que Scotti descobriu o 1991 VG, astrônomos descobriram que asteroides abaixo de 100 metros possuem rotações notavelmente rápidas.  Como resultado desta descoberta, Scotti diz que não podemos descartar a possibilidade de que o 1991 VG seja uma rocha natural.  Ele declarou:

“Um possibilidade seria a de que ele seja a ejeção de um impacto lunar.  Outra possibilidade é a de que a força Yarkovsky, causada pelas emissões térmicas de um objeto em rotação, sistematicamente teria empurrado o objeto por longos períodos. É um quebra-cabeças.”


Fonte: thevintagenews.com