Translate

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Mensagens ocultas em meteoritos pode revelar como a Terra vai morrer



Asteroides contem mensagens ocultas em seus campos magnéticos que poderiam fornecer pistas sobre quando a morte de nosso planeta irá ocorrer. Isto diz  um grupo de cientistas britânicos, pela primeira vez, ter visto os últimos momentos do campo magnético de um meteorito.
Usando um microscópio enorme de raio-X, conhecido como sincrotrón- uma equipe de cientistas da Universidade de Cambridge têm sido capazes de decodificar uma mensagem sobre o nascimento e morte do núcleo do asteróide depois de examinar minúsculos ímãs 'espaciais' em meteoritos.
Muitos asteróides têm núcleos de líquidos,  como a terra, que lhes forneceu seus próprios campos magnéticos.  Os Asteroides subsequentemente se esfriaram até  solidificar seus núcleos, um processo que deu fim ao seus campos magnéticos .
"Os asteróides sendo muito menores do que a Terra, esfriaram muito mais rápido, de modo que esses processos ocorrem em escalas de tempo mais curto, o que nos permite estudar o processo de solidificação do núcleo", explicou o diretor estudo James Bryson citado pelo  'The Daily Mail'.
Os resultados do trabalho de seu grupo, desde uma pequena amostra de como o núcleo magnético da Terra,  vai se comportar no congelamento continua : a Terra enfraqueceu em 15% ao longo dos últimos 200 anos.
Com um campo magnético fraco, o planeta poderá estar exposto a ventos solares capazes de fazer buracos na camada de ozônio.