Translate

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Descoberto o "evangelho dos oráculos de Maria", em um manuscrito de 1.500 anos




Ao decifrar um livro de 1.500 anos, escrito na língua copta e que servia para orientar e animar as pessoas que buscavam solucionar seus problemas, os investigadores descobriram um "evangelho dos oráculos de Maria" previamente desconhecido.

Professora de Religião na Universidade de Princeton, Anne Marie Luijendijk, explicou que o novo evangelho é diferente de qualquer outro, já que em vez de descrever a vida e morte de Jesus Cristo, contém 37 oráculos, dos quais apenas poucos mencionam Cristo, relata o site  LiveScience .

Oráculos, escritos em linguagem muito vaga poderia ter sido usado para adivinhação , de acordo com a hipótese de Luijendijk. O candidato a resposta a uma pergunta poderia  abordar o proprietário do livro para um dos 37 oráculos poder ajudá-lo a encontrar a solução para o seu problema. Por sua vez, o proprietário do livro poderia ter agido como um adivinho que ajudou a interpretar textos.

No mundo antigo, eram chamados de "livros de oráculos" que foram usados para prever o futuro de uma pessoa. No entanto, Luijendijk observou que  este é o único livro de oráculos  encontrados que é chamado de "evangelho" .

Uma das características do livro é o seu tamanho pequeno, uma vez que consiste de menos do que 7,5 centímetros de comprimento e 6,8 centímetros de largura. "Dado o pequeno tamanho do livro, as letras são surpreendentemente legíveis e elegantes o suficiente", disse a professora.
RT