Translate

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Misteriosa estrutura antiga de ferro ultrapassa tecnologia moderna




Um fato surpreendente sobre o Pilar de Ferro de Delhi é que, apesar de ter pelo menos 1500 anos – e possivelmente muito mais antigo que isso – ele é tão impenetrável à corrosão que mesmo a tecnologia moderna não consegue imitar.
O pilar de 24 pés é feito de 99,71% de ferro, segundo o Professor A.P. Gupta, chefe do departamento de Ciências Aplicadas e Humanas do Instituto de Tecnologia e Gestão na Índia.
Nos tempos modernos, o ferro que forjamos tem sido feito com um grau de pureza de cerca de 99 a 99,8%. Porém, ele contém manganês e enxofre, dois ingredientes que não se encontram no pilar. O pilar também foi revestido com uma película de proteção feita de óxido. É diferente de qualquer coisa produzida atualmente.
Ele sobreviveu mais de mil monções sem enferrujar. Uma inscrição feita nele data cerca de 400 anos d.C., mas era comum na época reerguer pilares antigos com novas inscrições, para declarar vitória em batalhas ou algum outro triunfo.
John Rowlett escreveu em “Um estudo sobre os artesãos das civilizações antigas e medievais para mostrar a influência dos treinamentos deles em nossos métodos atuais de educação para o comércio”, que o pilar foi feito 400 anos antes que a maior fundição conhecida no mundo pudesse produzi-lo.
Ele também observou que o Buda Sultanganj, que foi feito de puro cobre e pesa mais de uma tonelada, tem cerca de 1500 anos de idade e “não há explicação científica no que diz respeito à forma que ele foi construído em uma data tão antiga”.
Um panfleto do Museu e Galeria de Arte de Birmingham, onde a estátua do Buda é exibida diz: “O fato de ela ter sobrevivido praticamente intacta por cerca de 1500 anos, faz do Buda Sultanganj uma peça única no mundo”.
O Buda Sultanganj (Wikimedia Commons)
O Buda Sultanganj (Wikimedia Commons)