Translate

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

O telescópio Hubble capta um ato surpreendente de canibalismo galáctico



A imagem feita pelo telescópio Hubble da NASA captura como a galáxia NGC 7715 é devorada por seu vizinho maior NGC 7714, . As duas galáxias se aproximaram há mais de 100 milhões de anos atrás e redução da distância entre eles lhes permite deformar um ao outro.
O processo começa quando duas correntes de estrelas formam uma ponte entre as duas galáxias , que permite que que parte da matéria da NGC 7715 viaje até a NGC 7714. As novas estrelas, que emitem uma bruma dourada, se denominam Wolf-Rayet.
A maioria destes objetos espaciais, no nascimento têm massa e temperaturas excessivas muito superiores aos do sol. No entanto, estas fontes de luz envelhecem e perdem peso muito rapidamente por causa de fortes ventos solares. Terminam suas vidas se transformando em supernovas .
RT