Translate

quarta-feira, 11 de março de 2015

A Via Láctea pode ser maior do que se pensava


Uma mecha de estrelas em um anel que rodeia a Via Láctea pode realmente pertencer à mesma galáxia, sugere um novo estudo. Se for assim, expande o tamanho agora conhecido da galáxia por 50 por cento.

Uma equipe do Instituto Politécnico Rensselaer, em Nova York, liderada por Heidi Newberg, encontrou evidências de que o anel chamado Monoceros, localizado a mais de 65 mil anos-luz do centro da Via Láctea, é, na verdade, parte de uma mesma galáxia, relata Discovery News .

Anteriormente, os cientistas pensavam que era um fluxo de detritos causados por uma galáxia anã que entrou na Via Láctea e espalhou este grande anel. "Agora eu acho que faz parte da Via Láctea", diz Newberg depois de analisar os dados coletados pelo Sloan Digital de Exploração do Espaço (SDSS, por sua sigla em Inglês). E, incorporando o anel no mapa da galáxia Via Láctea iria expandir de 100.000 a 150.000 anos-luz, diz outro especialista, o astrônomo Xu Yan.
RT