Translate

sábado, 14 de março de 2015

Artefato indica que antigos egípcios projetavam aviação, segundo engenheiro mecânico

Em cima: A figura de madeira que para alguns é um pássaro, para outros um avião (Khalil Dawoud Messiha / Wikimedia Commons) Abaixo: Uma foto de arquivo de pirâmides do Egito (Shutterstock *; editada pelo Epoch Times)


As pirâmides e outros artefatos avançados do antigo Egito continuam impressionando os arqueólogos e entusiastas de arqueologia, mas é possível que os antigos egípcios possuíssem uma aviação?
Uma escultura em madeira com idade de três séculos a.C.  foi encontrada em um túmulo, em Sakkara (também escrito Saqqara), no Egito, em 1898. Foi classificada como uma figura de pássaro e colocada com outras esculturas de aves no Museu do Cairo, até  o Dr. Khalil Messiha, um médico e egiptólogo, vê-la em 1969 e perceber que parecia com os aeromodelos que ele fazia quando era criança.
Dr. Khalil Messiha, 1988 (Wikimedia Commons)
Dr. Khalil Messiha, 1988 (Wikimedia Commons)
O professor emérito de engenharia mecânica na Universidade de Houston John H. Lienhard, explicou em um episódio da série de rádio nos EUA chamada “Engines of Our Ingenuity“: “Os outros pássaros tinham pernas. Este não tinha nenhuma. Os outros pássaros tinham penas pintadas. Este não tinha nenhuma. Os outros pássaros tinham as penas da cauda na horizontal, como um pássaro real. … Este estranho modelo de madeira tinha na ponta uma cauda vertical. Percebe-se também que a asa é um aerofólio em seção transversal. Estava tudo aerodinamicamente correto. Muitas coisas do modelo eram mais que coincidência”.
Alguns disseram que o que parece ser uma cauda vertical de um avião, representa penas torcidas na extremidade, como mostradas, por exemplo, em figuras de pássaros decorando os mastros dos barcos no templo Khonsu na figura abaixo:
ct-passaros
O irmão de Messiha, um engenheiro de voo, fez uma reprodução em tamanho grande baseado no modelo, e ela voou com sucesso, disse Lienhard.
Lienhard observou que o terceiro século a.C. foi uma época de grande engenhosidade. Ele escreveu: “Ninguém poderia ter chegado tão perto da forma real de voo sem trabalhar em uma escala maior. Este pequeno modelo de madeira  dificilmente existiria ao menos que alguém já tivesse trabalhado com modelos grandes, leves, ou até mesmo com versões para transporte de passageiros.”
O premiado construtor de planadores Martin Gregorie, tentou replicar os resultados do experimento do irmão de Messiha, mas não conseguiu. Ele disse que, sem um estabilizador horizontal, que em sua opinião o artefato não parece nunca ter tido, o pássaro Sakkara ficou completamente instável. Com um estabilizador horizontal, “o desempenho do voo planado foi decepcionante”. Ele disse que não acha que o modelo era uma peça de teste de um avião para transporte de carga. Ele sugeriu que poderia ser um cata-vento ou um brinquedo de criança.
Permanece incerto se o pássaro Sakkara representa uma tentativa real, ou até mesmo uma tentativa bem-sucedida, para a construção de uma aeronave.
A figura de madeira considerada por alguns ser um pássaro, por outros ser um avião,  data do século 3 a.C., e foi encontrada em Sakkara (ou Saqqara), no Egito (Khalil Dawoud Messiha / Wikimedia Commons)
A figura de madeira considerada por alguns ser um pássaro, por outros ser um avião, data do século 3 a.C., e foi encontrada em Sakkara (ou Saqqara), no Egito (Khalil Dawoud Messiha / Wikimedia Commons)