Translate

terça-feira, 26 de maio de 2015

Alguns asteróides causaram ebulição dos oceanos há 3 milhões de anos atrás


Cerca de 3.300 milhões de anos atrás as primeiras formas de vida na Terra foram mergulhados em um inferno quando uma série de grandes asteróides colidiram com o jovem planeta e provocou a evaporação dos oceanos, diz uma equipa de cientistas norte-americanos.

Uma equipe de cientistas Donald Lowe, da Universidade de Stanford (EUA) e Gary Byerly da Louisiana State University (EUA)  elaboraram um estudo baseado na investigação dos registros de impactos rochosos que tiveram lugar em uma região da atual Sul da África, conhecida como o cinturão de pedra verde Barberton, há uns 3.300 milhões de anos, informa o portal Science News.

Os pesquisadores identificaram mais de oito camadas de impactos dos quais dois contêm sílica e pequena 'gotas' parecem ter solidificado após o impacto de asteróides antigos, entre 50 e 100 km de largura,que causaria "tempestade de rocha derretida" . Cada uma das colisões teria "evaporado" os oceanos da Terra  reduzindo as taxas totais de nível do mar em até metros e fazendo com que o aumento da temperatura atmosférica chegasse a 500 graus Celsius. Os cientistas afirmam que nosso planeta ficou em 'ebulição' há mais de um ano.

Lowe defende que estes eventos tiveram um impacto drástico sobre a evolução precoce da vida . "Esses impactos teve uma grande influência em qualquer coisa viva que estava tentando evoluir para algo mais que organismos complexos, de baixa temperatura, isso o levaram à extinção ou à beira dela", diz ele.
RT