Translate

terça-feira, 14 de julho de 2015

Notícias sobre ÓVNI em 1974 no Brasil


O Comandante do 5.º Distrito Naval de Florianópolis -SC, em julho de 1974, distribuía nota à imprensa esclarecendo que "são inverídicas as afirmações de que Capitania dos Portos, em Itajaí, tenha participado de qualquer investigação sobre a queda, no mar, de objeto não identificado, bem como a notícia de que as autoridades navais estejam preocupadas com o estranho acontecimento narrado por pescadores". Segundo a notícia divulgada na 2.ª semana do mês de agosto de 1974, pescadores da praia de São Miguel, distante 15 quilômetros de Florianópolis, teriam visto um disco voador cair no mar, no mês anterior. 
Acrescentava a nota do 5.º Distrito Naval, assinada pelo Capitão de Corveta Paulo Sérgio dos Santos, assistente do comando, que dia 13 de junho, cumprindo planejamento, homens-rã da Marinha, apoiados por helicópteros da Força Aeronaval, operaram nas proximidades de Porto Belo e Itajaí, para levantar subsídios sobre as praias catarinenses com vistas a exercícios de desembarque de fuzileiros navais nos meses subsequentes. 
(Folha da Tarde - 17/07/1974) 

No dia 27 de julho de 1974, o Ministério da Aeronáutica informava que se dependesse da Força Aérea Brasileira, "o mistério existente em torno da possível queda de um Disco Voador em Santa Catarina continuaria, pois não poderiam se dar ao luxo de gastar combustível para procurar todos os objetos voadores não identificados que eram vistos constantemente no Brasil". A declaração foi prestada devido a notícias precedentes da local idade catarinense de São Miguel, segundo as quais "pescadores viram um objeto metálico cair ao mar, no dia 13 de julho de 1974." Contudo, apesar da solicitação de pescadores da zona, o Ministério da Aeronáutica não cogitou providenciar nenhum vôo 
sobre a região. Por outro lado, no Ministério da Marinha, oficiais do Gabinete do então Ministro Azevedo Henning, informaram que, até o final daquela semana, aquela arma deveria liberar 
um documento com os trabalhos que estavam sendo realizados pelo Instituto Naval no sentido de descobrir o "Disco Voador". 
(Folha da Tarde - São Paulo - pág.2 - 24/07/1974)