Translate

segunda-feira, 13 de julho de 2015

O caso do Cajuru


O final de maio e o começo de junho de 1986, foi marcado por uma intensa quantidade de casos de avistamento de OVNIs em território brasileiro. Dentro desta impressionante onda ufológica, um caso interessante ocorreu em uma área muito populosa da capital paranaense. Por volta das 18:15 hs, de 4 de junho de 1986, uma senhora, que pediu sigilo sobre seu nome, dirigia, acompanhada de 3 filhos, pela av. Afonso Camargo, aproximando-se do Hospital Cajuru, em Curitiba. Os passageiros do veículo logo perceberam que motoristas de vários carros que trafegavam em sentido contrário, freavam instantaneamente olhando para cima em direção a seu automóvel. Isso se sucedeu por vários metros deixando-a curiosa e até mesmo nervosa com o motivo. Gritos e gestos dos motoristas que paravam começaram a deixá-la assustada e um de seus filhos resolveu olhar para cima, retirando a cabeça para fora do automóvel, para verificar o que ocorria. Gritou para sua mãe e seus irmãos que bem acima deles havia um disco voador que os acompanhava. Nervosa pediu para que seu filho volta-se para dentro do automóvel e se comportasse. Seguiu seu caminho até sua residência. Todos correram para o apartamento localizado ao lado do Hospital Cajurú e observaram o objeto que agora se encontrava em cima de um terreno baldio pertencente ao Hospital. O objeto permaneceu estacionado por alguns minutos permitindo que sua filha chama-se vários vizinhos que puderam presenciar o fenômeno. Minutos após o “disco” veio em direção a eles e rapidamente virou na vertical e passou por entre os dois prédios. Todos que presenciaram o fato ficaram assustados e o comentário na época foi geral. Entrevistamos a família em questão que nunca havia visto ou tido qualquer experiência similar. Também entrevistamos várias testemunhas moradoras do prédio em questão, que confirmaram o avistamento do objeto em cima do terreno pertencente ao hospital.

Vista aérea da região do Bairro Cajuru, onde se deu o avistamento.
  • Em 1: Avenida Afonso Camargo
  • 2: Hospital Cajuru
  • 3: Conjunto Residencial onde as testemunhas moravam na época
  • 4: Terreno vago onde o disco voador posicionou-se por alguns instantes
Representação da posição do disco voador e sua aproximação, em amarelo. Em vermelho, o disco virou,se na vertical, passando entre os prédios e desaparecendo em direção ao leste (Pinhais, Piraquara e Serra do Mar)
   Fonte..Fenomenum