Translate

terça-feira, 8 de setembro de 2015

4 vezes nas quais a sociedade presenciou casos de histeria coletiva

Os julgamentos de Salém foram um caso icônico de histeria coletiva (Foto: Wikimedia)

Histeria coletiva é um termo utilizado para descrever situações nas quais sintomas físicos ou psicológicos — riso incontrolável, desmaios, enjoos, dores musculares, entre outros — aparecem em muitas pessoas, se espalhando por comunidades, cidades e, por vezes, países.
Durante a Idade Média, casos de histeria coletiva foram classificados como bruxaria, possessão demoníaca e até insanidade. Ainda não há consenso entre a comunidade médica sobre esses surtos, no entanto, eles costumam estar relacionados com estresse emocional e mental. Conheça algumas das ocorrências da histeria ao longo da história:
1 - A praga da dança
A praga da dança, também conhecida como dança de St. John e dança de St. Vitus, aconteceu várias vezes na Europa entre os séculos XIII e XVII. A ocorrência mais famosa foi em 1374 na cidade de Aachen, na Alemanha, em que centenas de indivíduos aflitos dançaram descontroladamente por dias até pararem por exaustão.
quadro retrata um surto de dança que ocorreu no século 16 durante a peregrinação a uma igreja na Bélgica (Foto: Wikimedia Commons)
2 - As freiras que miavam
Instituições como escolas, prisões e conventos eram cenários típicos para histeria coletiva. No livro de 1844, “Epidemics of the Middle Ages”, J. F. C. Hecker conta um episódio no qual uma freira começou a miar como uma gata. Aos poucos, outras freiras começaram a exibir o mesmo comportamento, atingindo todas as moradoras do convento, na França. O Exército foi acionado e as freiras foram espancadas até pararem de fazer os barulhos.
3 - As risadas de Tanzânia
Um episódio parecido com o das freiras ocorreu na cidade de Kashasha, na Tanzânia, em 1962. Três estudantes de um internato só para garotas começaram a rir descontroladamente, o que contagiou as outras alunas. O riso persistiu por semanas e acabou se espalhando para outras 14 escolas da região — todas elas tiveram que ser fechadas.
4 - Os julgamentos de Salém
Um dos casos de histeria coletiva mais famosos da história é dos julgamentos de Salém, em Massachussetts, nos Estados Unidos, que ocorreram entre 1692 e 1693. Relatos afirmam que dezenas de meninas tiveram surtos nos quais gritavam e se contorciam sem parar. Os episódios fizeram com que elas fossem acusadas de bruxaria, julgadas e 25 delas foram mortas pelo “crime”.