Translate

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Um asteróide perigoso para a Terra será visível com binóculos no próximo 31 de outubro


Próximo dia 31 de Outubro basta apenas uns binóculos comuns para observar da Terra um asteróide que os astrônomos acabaram de descobrir. Este objeto celeste aproxima-se do nosso planeta e é considerado como potencialmente perigoso.

Por isso, é do ponto de vista da sua provável colisão com a Terra, disse à TASS o colaborador científico do Instituto M. V. Keldysh de Matemática Aplicada da Academia de Ciências da Rússia Leonid Yelenin. O jovem astronomo é conhecido pela sua descoberta, em 2010, do cometa de longo período C / 2010 X1, chamado mais tarde em sua honra.

"O asteróide foi detectado pelos colegas norte-americanos do observatório Pan-STARRS", explicou o astronomo. "Confirmamos a descoberta pelas observações com dois telescópios de 40 metros da rede ISON, localizada no Novo México e Mongólia".

Só se pode ver um asteróide com binóculos uma vez a cada cinco anos para a maioria, disse Yelenin. Desta vez, o corpo celeste vai se aproximar a 488.000 quilometros da Terra e o ponto mais próximo de nosso planeta vai atingir os 10 de magnitude aparente.

"De acordo com os nossos cálculos, acrescentou, a maior aproximação ocorrerá por volta de 15:30 no fuso horário de Moscovo. Ele não será visível a olho nu, mas podem observá-lo muito bem com binóculos ou um telescópio de quintal."

Fonte: RT

#Naty