Translate

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Revelam o que comiam os construtores de Stonehenge


Os pesquisadores descobriram que as pessoas que construíram Stonehenge não eram escravos. Eles chegaram a essa conclusão ao estudar os restos de comida encontrados em contentores que foram encontrados a poucos quilômetros do monumento.


Conforme relatado pelo jornal "The Daily Mail" arqueológicos citaram que os construtores de Stonehenge se alimentavam com leite, queijo, iogurte e carne grelhada. Restos desses alimentos foram encontrados a 2,5 quilômetros de Stonehenge em fragmentos de cerâmica de cerca de 5.000 anos.

Os arqueólogos sugerem que as taças foram deixadas no local para as pessoas que ergueram o famoso círculo de pedra, cujo objetivo continua a ser um mistério. O estudo dos restos permitiu aos cientistas descobrir que uma parte importante da dieta dos construtores era envolvido em produtos lácteos, como queijo, iogurte e leite em si.

Os restos de carne (carne de porco e ossos de carne bovina), por sua vez, foram encontrados em um lugar um pouco diferente, porque a carne é grelhada ou cozida sobre uma fogueira. O estudo também mostrou que os construtores de Stonehenge pelo menu não eram escravos, mas contratou trabalhadores cujas condições de vida eram muito boas.
RT