Translate

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Um fim às dúvidas: engenheiros russos vão verificar se os americanos estavam realmente na Lua


Um grupo de engenheiros e fãs russos pretende lançar um satélite em órbita lunar para fotografar as pegadas na superfície do planeta dos astronautas norte-americanos, a nave espacial Apollo e os aparatos soviéticos.


Engenheiros publicaram a descrição do seu projeto na plataforma de financiamento coletivo russo  Boomstarter  para levantar 800.000 rublos (US $ 12.300) necessários para ir em frente.

Os cientistas têm apontado para RIA Novosti  para criar um satélite com baixo peso e baixo custo para as associações não governamentais de engenheiros e entusiastas poderem pagar os profissionais.

"As discussões sobre a realização de um vôo tripulado à Lua não desapareceram com a passagem do tempo. A corrida a lua é uma parte importante da história nacional, por isso não é surpreendente o interesse nesta questão na Rússia" disse um dos promotores do projeto, Vitali Yegorov.

"Antes  Apollo e Lunojodi [rover soviético] foram registrados somente a partir do satélite americano LRO  e para dissipar qualquer dúvida vai ser repetido tirar fotos em maior qualidade", ele anunciou.

Durante muito tempo existe a teoria da "conspiração da lua" em que americanos nunca pousaram na lua e tudo foi uma farsa e que a NASA  não tinha a tecnologia para levar o homem ao satélite na época.
RT

#Naty