Translate

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Cientistas descobrem um planeta onde os ventos sopram mais rápido do que a velocidade do som


Astrônomos britânicos descobriram que um dos planetas chamados "Júpiteres quentes", o HD 189733b, é "supersônico", porque sua atmosfera é dominada por fortes ventos, movendo-se sete vezes mais rápido do que a velocidade do som.
Cientistas da Universidade de Warwick, Reino Unido, criaram o primeiro mapa de meteorologia do planeta HD 189733b, localizado a 63 anos-luz de distância da Terra. O exoplaneta hospeda ventos, cuja velocidade chega a 8.690 quilômetros por hora, cerca de 2 km por segundo.
Tom Louden e Peter Wheatley, pesquisadores da Universidade de Warwick, revelaram uma característica incomum do planeta, vento "supersônico", usando uma ferramenta de (HARPS, por sua sigla em Inglês), montado em um telescópio no Observatório Europeu do Sul no Chile.
Este exoplaneta, da classe "Júpiter quente "oferece grande preocupação para os especialistas devido à sua proximidade com a Terra e a cor azul maravilhosa de sua atmosfera. Os cientistas explicam que o planeta é um dos mais exclusivos e esperam que a técnica possa ser usada para estimar a velocidade do vento em outros planetas. Assim, o mundo científico poderia dar um passo a frente na descoberta  de um "gêmeo da Terra", com clima aceitável para a vida humana.