Translate

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Naves extraterrestres? Conheça a explicação científica para as "nuvens de óvnis”


O frenesi provocado por uma série de supostos óvnis vistos na última semana na Cidade do Cabo, na África do Sul, não teve nada a ver com a chegada de seres extraterrestres. Veja mais no vídeo no final do texto. 

Na verdade, foi um fenômeno atmosférico completamente natural, de acordo com uma equipe de especialistas em meteorologia. O aspecto achatado dos “objetos” é muito parecido com o de um disco voador e pode confundir qualquer um que não saiba o que são as chamadas “nuvens lenticulares”. Trata-se de aglomerações de nuvens, formadas quando ventos fortes e úmidos passam por terrenos acidentados, como montanhas e colinas. 

Esse tipo de nuvem é responsável por muitos avistamentos falsos de óvnis por todo o mundo, especialmente por parte dos turistas, que, ao contrário dos residentes locais, não estão acostumados a ver essas formações nos céus. 

Foi o que aconteceu na última semana na Cidade do Cabo, um local rodeado por uma geografia acidentada, com a famosa montanha da Mesa, que supera os mil metros de altura. Desse modo, quando as elevações fazem com o que vento se esfrie e condense, surgem nuvens em forma de discos, perpendiculares à direção do fluxo aéreo, segundo explica uma equipe de meteorologistas.