Translate

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Descobrem a causa da 'dança estranha' de um sistema planetário


A peculiaridade da órbita de um planeta faz supor a existência de um outro corpo celeste em sua proximidade.

Um grupo Estadounidense de cientistas descobriu a causa da singularidade de um sistema planetário localizado na constelação de Cetus. (Constelação da Baleia)
A peculiaridade deste planeta descoberto em 2011 que circula em torno da estrela HD 7449 tem uma massa oito vezes maior do que a de Júpiter órbita,  que faz supor que um outro corpo celeste girava ao seu redor. "A pergunta que surgiu foi se era um planeta ou uma anã", disse Timothy RODIGAS, do Instituto Carnegie.
Usando os telescópios Magalhães  para imagens extremamente de alta resolução, os pesquisadores determinaram que é uma estrela anã, que detém 20% da massa do Sol e se encontra a 18 unidades astronômicas -distância média entre Terra-Sol da estrela.
Segundo os cientistas, a gravidade desse planeta anão se influenciam mutuamente por milhões de anos, daí a inclinação orbital peculiar do astro.
A equipe vai continuar a estudar este fenômeno, mas disse que "é difícil prever o que vai acontecer ao longo do tempo, mas você pode dizer que o planeta 'dança' entre as duas estrelas".