Translate

sábado, 12 de dezembro de 2015

Seria 2016 o ano em que o desacobertamento dos OVNIs ocorrerá?

Acobertamento dos OVNIs

Num artigo extenso publicado no Washington Post, o ativista Stephen Bassett, argumentou que 2016 será o ano em que a verdade sobre os OVNIs finalmente será revelada.

“Quero ver o desacobertamento até as primárias de New Hampshire“, disse Bassett para o Washington Post, “e posso afirmar que irá acontecer”. (Eleições Primárias de partidos nos EUA, para a presidência daquele país, que ocorrerão em fevereiro de 2016.)

Seu argumento é baseado numa intrigante mensagem no Twitter por John Podesta, um importante político estadunidense.  Ele postou em fevereiro:

“E para terminar, meu maior fracasso de 2014: Uma vez mais não conseguir o #desacobertamento dos arquivos OVNI…” – John Podesta

Para Bassett, a mensagem parece ser um sinal em potencial de que há vazamentos no, assim dizendo, muro do segredo dos OVNIs.

“Você simplesmente não envia algo assim”, disse Bassett para o Washington Post. “Isto significa algo.”

Olhando para o futuro, ele afirma que a campanha de Hilary Clinton, cujo diretor de campanha é Podesta, está ansiosa para endereçar o assunto OVNIs, especialmente já que a própria Clinton pesquisou sobre o fenômeno dos OVNIs durante a década de 1990, a pedido do bilionário Laurance Rockefeller.

“Acredito que a equipe de Clinton não poderá passar pelas eleições, sem primeiramente lidar com o assunto ET”, teorizou Bassett.

A respeito de como o desacobertamento irá ocorrer, ele sugeriu que um discurso direto sobre o tópico seria politicamente tóxico, assim a campanha de Clinton está insistindo, com sutileza, através de pistas, tais como a mensagem no Twitter de Podesta.

Se o cenário proposto por Bassett desenrolar em 2016, ou em algum ponto num futuro distante, ele prevê um planeta transformado, uma vez que a realidade dos OVNIs seja revelada.

“Você verá uma mudança no foco do mundo”, ele disse ao Washington Post, “mais transparência, mais comunicação entre países, uma era de reforma”.



Fonte das informações:  www.coasttocoastam.com, via The Washington