Translate

quarta-feira, 23 de março de 2016

Ordenado por alienígena, fazendeiro mexicano constrói pirâmide

pirâmide alienígena México
Raymundo Corona diz que construiu um templo de pedra com 6,6 metros de altura após, alegadamente, ter sido visitado por um homem alto, o qual se chamava Herulayka.  De acordo com Corona, o homem tinha olhos cor de mel, cabelos brancos e era de um planeta chamado Nefilin, com 20 vezes o tamanho da Terra.
Corona disse ao jornal local que o homem era da constelação de Orion.
O mexicano construiu a pirâmide próxima de Monclova, no estado de Coahila, junto à fronteira entre o México com os EUA, apesar de ter sido alertado que ele seria considerado um bêbado ou drogado se sua história fosse tornada pública.
Ele me falou para construir uma pirâmide em formato de templo.
O Sr. Corona tinha 33 anos quando disse que o alienígena o visitou em 1984: “Ele me disse para construir um templo em formato de pirâmide.  Quando perguntei por que deveria ser no formato de pirâmide, ele disse que deveria ser como minha fé, algo que ventos e tormentas não poderiam mover e sempre apontando para cima.”
Relembrando o momento em que ele perguntou o nome do seu misterioso visitante, o Sr. Corona disse ao diário La Guárdia que Herulayka o tinha alertado:  “Muitas pessoas irão rir de você, difamá-lo e dizer que isto foi um ato de insanidade, ou algo que tenha sido resultado de muita bebida, um ato de um maluco ou drogado”.
Raymundo-Corona-Pozuelos-486188
Raymundo Corona Pozuelos e sua pirâmide.
“Ele me disse que veio da constelação de Orion, de um lugar chamado Nefilin, que é 20 vezes maior do que a Terra, onde as pessoas são similares aos seres humanos. Ele era um homem alto, com olhos cor de mel e cabelos brancos, compridos até o chão.  Ele estava descalço e usava uma túnica amarrada com uma corda.”
O senhor Corona, cuja mulher estava a mais de uma dia ausente por estar dando a luz a sua filha na época, disse que ele via alienígenas em sonhos antes de sua reunião em pessoa.  Ele disse que o extraterrestre falou que os humanos estavam destruindo seu próprio planeta, e deveriam acordar para o fato de deverem cuidar do planeta como se fosse uma criança, porque ele os dava o que precisavam para sua própria sobrevivência.
Monclova fica a menos de 1000 quilômetros de Roswell, no Novo México – EUA, onde em 1947 um objeto voador se acidentou.
O México é supostamente o pais mais ativo no mundo para avistamentos de OVNIs.