Translate

sexta-feira, 17 de abril de 2015

ASSASSINOS POR CONTROLE REMOTO


Assassinos mentalmente controlados e motivados não são uma invenção recente. Um tipo rudimentar de CONTROLE MENTAL já era usado pela seita dos assassinos, culto islâmico xiita baseado na Pérsia, atual Irã, na época dasCRUZADAS (1095 a 1270, aproximadamente).
A palavra “assassino” deriva de “haxixe”, droga usada pela seita comandada por Hassan I Sabbah, o Velho da Montanha. Cada novo adepto era levado até uma fortaleza na montanha Alamut, onde era privado de comida, água e submetido a uma "dieta" de haxixe. Quando começava a ter alucinações, o candidato era deixado num jardim fabuloso, cheio de comida, bebida e lindas jovens supostamente virgens. O assassino-júnior era informado que aquilo era apenas uma visão do paraíso islâmico, mas que ele poderia passar a eternidade ali se decidisse matar e morrer pela glória de Alá. E assim nascia mais um homem-bomba, embora as bombas só fossem acrescentadas à mistura no futuro. Os seguidores de Hassan I Sabbah eram, no entanto, mais pragmáticos do que fanáticos. Durante a ocupação franca da Terra Santa, eles cometeram diversos crimes encomendados pelos ocidentais. É quase certo que a Seita dos Assassinos tenha tido contato com os TEMPLÁRIOS. E é bem possível que as duas organizações tenham trocado segredinhos. O programa MK ULTRA, criado pela CIA em 1953, utilizou as idéias milenares dos Assassinos, mas acrescentou novas drogas (como o LSD) e novas técnicas (a hipnose). Vários criminosos que agiram aparentemente sozinhos reportaram "falhas de memória", como se estivessem sendo controlados à distância: LEE HARVEY OSWALD (assassino de John Kennedy), James Earl Ray (assassino de Martin Luther King), SIRHAN SIRHAN (assassino de Robert Kennedy), Mark Chapman (assassino de John Lennon) e John Hinckley Jr. (que quase assassinou Ronald Reagan). Além disso, nunca é demais lembrar que o serial killer superstar Charles Manson era usuário de LSD - e que talvez tenha sido cobaia em alguma experiência comandada pela CIA. Vai saber.