Translate

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Revolucionário: Russo vai fazer o primeiro transplante de cabeça da história


O programador russo Valeri Spiridonov, a primeira pessoa no mundo a ser submetido a transplante de cabeça, explica como se atreveu a se envolver em tal operação.

Spiridonov, 30 anos, disse à televisão russa  Zvezda , que não tem outra alternativa a não ser esta, uma vez que, de outra forma, muito em breve, ele poderia estar na mesma posição que o cientista Stephen Hawking. "Eu tenho que fazer, por que eu não tenho muitas opções. A minha decisão é final, e eu não vou mudar ", diz ele.

"Esta experiência é um avanço [científico], eu não tenho os recursos materiais para pagar, mas eu estou disposto a entregar-me a ciência ", diz ele. Quando tinha um ano Spiridonov  foi diagnosticado com uma perda de massa muscular rara devido à doença de Werdnig-Hoffman, que afeta as células nervosas na medula espinhal e causa a pessoa ficar completamente imobilizado . Sua doença progride a cada dia que passa.

De acordo com o cientista italiano Sergio Canavero, autor desta técnica cirúrgica , a operação  prossegue realizando um corte da medula espinhal minimamente traumática praticado com faca superfina em condições de hipotermia profunda para proteger as estruturas cerebrais.

De acordo com o médico, eles escolheram Valeri Spiridonov porque, em primeiro lugar, esta operação foi desenvolvida especialmente para os pacientes deste tipo. A chave do sucesso reside na possibilidade teórica de fusão dos processos nervosos em uma "string" usando fusões vedantes ou de membrana. O processo consiste em unir a parte da espinha dorsal na cabeça separada com a parte da espinha dorsal que queda no corpo receptor usando una substância química.
Depois os cirurgiões entram e suturam músculos e vasos sanguíneos.
RT