Translate

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Astrônomos descobrem uma aurora azul brilhante na noite marciana


Uma equipe internacional de cientistas conseguiu mostrar pela primeira vez na história que a aurora boreal, um fenômeno observado com brilho no céu noturno a partir da Terra, também podem ser visíveis em outros planetas.

A aurora polar também pode ser observada em Marte, mas em vez de as listras verdes e vermelhas da aurora boreal na Terra, em Marte este fenômeno seria azul elétrico, explicou  os pesquisadores.

Os cientistas estudam os resultados obtidos através de um experimento de laboratório, chamado 'Planeterrella' que permitiu simular a aurora em condições atmosféricas de Marte.

Os pesquisadores mostraram que a atmosfera superior de Marte brilha em azul dependendo da atividade solar. Além disso, esta atmosfera pode estar mais perto da Terra do que se pensava.

"Um astronauta que olha para cima e caminha no solo vermelho Marciano poderia, depois de intensas erupções solares, observar a aurora  a simples vista", disse o cientista Cyril Simon Wedlund, um dos autores principais do estudo.

A descoberta dos cientistas não é apenas fascinante, mas também poderia ajudar os pesquisadores a entender como ele chegou a desaparecer ao longo do tempo na atmosfera marciana.
RT