Translate

sexta-feira, 24 de julho de 2015

O misterioso raio azul


Na noite de 09/10 de maio de 1982, o Sr. Nelson Lins, em companhia de seu primo na época promotor de São Mateus do Sul, viajavam para Arapongas no interior do estado do Paraná. A aproximadamente 30 km de Ponta Grossa (PR), observaram um forte clarão azulado que foi projetado sobre o automóvel Fiat, durante 10 a 15 segundos. Na cidade de Ponta Grossa o Sr. Nelson Lins, encontrou-se com o deputado estadual Floriswaldo Palácios, que viajava com sua família de Castro (PR) a Curitiba, que em sua bagagem trazia uma curiosa aventura que deixou o Sr. Lins perplexo.
Por volta das 20:30h. daquela noite, o deputado Floriswaldo, encontrava-se a uns 20km de Ponta Grossa, quando foram surpreendidos por um raio azul cuja fonte deveria estar a boa altura. Esse fenômeno perdurou de 5 a 10 segundos e a partir desse instante seu automóvel Variant II, começou a apresentar defeito. Mais tarde, percebeu que o relê do automóvel havia se queimado.
Na madrugada do dia 10 de maio do mesmo ano, cerca de duas horas da manhã, o desembargador Ocyan França, viajava para Arapongas junto com sua esposa e seu automóvel Gol. Passando uns 30 a 50 km. de Ponta Grossa, observaram um grande clarão azul semelhante a luminosidade produzida pelas faiscas de um aparelho de solda. Disse o Desembargador: “Minha esposa imediatamente olhou para trás para ver se avistava algo ou alguém, pois o clarão iluminou todo o interior do automóvel. Nada foi avistado: Nem avião, helicóptero ou nuvem...”.
Não deram maior importância ao fato até chegarem em Arapongas, onde depois de conversar com o Sr. Nelson Lins a respeito do incidente, notaram a coincidência dos fatos.
Uma estranha coincidência ?

Observação
Cabe salientar que em nenhum dos relatos foi mencionado a presença de O.V.N.Is. ou qualquer tipo de aeronave, mas existem muitos relatos dessa natureza na ufologia e a maioria deles pode estar relacionada ao fenômeno UFO.