Translate

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Kumari Kandam : O Continente Perdido


Existem muitas lendas de cidades que foram perdidas no tempo. Algumas falam da cidade de Atlantida e a cidade de Dwaraka, mencionada no Mahabharata.
Além destas, existiu um grande área, que ocupou o que hoje representa a peninsula Indiana, indo até as terras de Madagascar, ao leste da Austrália. Este grande continente, terra do povo Tamil, era chamado de Kumari Kandam, parte do que se considerou a Lemuria, dragada pelas águas e perdido para sempre.
Centenas de milhares de anos atrás, continentes começaram a ser dragados pelas águas, ou afundaram, fruto de terremotos, gerando áreas que se ergueram, nestas novas distribuições.
Há aproximadamente 400.000 anos, os primeiros humanoides, mais parecidos com o homem atual, ocupavam a Terra.
Durante o período da última era glacial, as temperaturas climáticas começaram a aumentar e o descongelamento de grandes áreas geladas, foi severo.
Por volta de 12.000 anos atrás, a Península Dravidiana, no sul da Índia, foi engolida pelos mares em crescimento. Vários pesquisadores, especialistas em oceanografia, mostraram que o nível do mar naquela região, ergueu-se mais de 100m, nos últimos 14.500 anos.
Segundo consta em escrituras encontradas, a área dragada pelas águas era controlada pelos Reis Pandya, onde existem muitas descobertas que revelam a origem do povo Tamil. Uma língua/ escrita diferente tem gerado um intenso trabalho de tradutores, sendo que alguns clamam tê-la conseguido traduzir e assim sustentar a lenda do povo Tamil.