Translate

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Cientistas russos criam o tão cobiçado elixir da eterna juventude


Cientistas russos estão a um passo de criar o elixir da eterna juventude por microorganismos de um mamute encontrado sob o gelo da Sibéria.

"Nós encontramos altas concentrações de bactérias aeróbias ativas nos restos do cérebro congelado e bem-preservado de um Mamute no permafrost de Yakutia (nordeste da Sibéria, Rússia). O estudo destes organismos revelou que melhoram a qualidade de vida dos animais de laboratório e, no futuro, poderia ser aplicado aos seres humanos ", disse a agência Tass  Dr. Victor Cherniavski, co-autor da pesquisa.

Segundo Cherniavski, esses microrganismos têm uma idade de 40.000 anos e são capazes de estimular a vitalidade de ratos de laboratório, mesmo até fazendo que eles tenham prole em sua velhice. "Os exames laboratoriais em pessoas provavelmente têm os mesmos efeitos estimulantes", acrescentou o cientista.

Após reativar esses corpos, Victor Cherniavski sublinhou "a estabilidade das características genéticas" e disse que "nossos estudos sugerem que as cepas de bactérias sobrevivem no permafrost entre 20.000 e 40.000 anos e preservam a capacidade de desenvolver substâncias biologicamente ativas".
RT

#Naty