Translate

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

China planeja construir o mais poderoso super acelerador de partículas do mundo


Cientistas chineses estão concluindo o projeto conceitual inicial do super colisor mais potente e maior do mundo, a fim de compreender melhor o funcionamento das partículas no universo. A primeira fase de construção do projeto está prevista para começar entre 2020 e 2025.


"Nós completamos o projeto conceitual inicial e organizamos recentemente uma revisão internacional e o projeto final será concluído até o final de 2016", anunciou Wang Yifang, diretor do Instituto de Física de Altas Energias da Academia Chinesa de Ciências, disse 'China Daily '.

Esta nova instalação, chamada Collider Circular Electron Positron (CEPC, por sua sigla em Inglês), poderia gerar até sete vezes mais energia do que o Large Hadron Collider (LHC) da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN). Espera-se que a primeira fase de construção comece entre 2020 e 2025.

Em julho de 2012, o CERN anunciou que tinha descoberto a existência do tão cobiçado bóson de Higgs ("partícula de Deus"), uma chave de partícula considerado elementar na estrutura fundamental da matéria. Os cientistas só conseguiram detectar centenas do mesmo, a quantidade não é suficiente para saber sua estrutura e outras características.

Espera-se que o CEPC, que tem um comprimento de entre 50 e 100 km em comparação com 27 quilômetros do LHC, gere milhões de partículas de Higgs, permitindo uma compreensão mais precisa dele.

"A rota técnica que nós escolhemos é diferente do LHC. O LHC esmaga prótons, gerando partículas de Higgs junto com muitas outras partículas. A proposta do CEPC, no entanto, é chocar elétrons e pósitrons para criar um ambiente extremamente puro para só ocorrerem partículas de Higgs " explica Yifang.
RT

#Naty