Translate

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Veja o vídeo de como foi o impacto do avião MH17 com míssil em teste feito na Holanda

Um vídeo com a conclusão dos trabalhos do Conselho de Segurança Holandês mostra de forma impressionante como o míssil BUK, de fabricação russa, provocou a queda do voo MH17 da Malaysia Airlines.  


No dia 17 de julho de 2014, a aeronave havia partido de Amsterdã, na Holanda, com destino a Kuala Lumpur, na Malásia. Quando sobrevoada o leste da Ucrânia, cenário de um conflito armado entre o exército e rebeldes pró-Rússia, o avião foi atingido por um míssil, se partiu em dois e se desintegrou. O acidente provocou a morte de todas as 298 pessoas a bordo.
Destroços do avião foram encontrados em seis lugares diferentes na região da queda. Muitos fragmentos e fuselagem foram enviados para investigação em que foi possível remontar parte da área frontal do avião e fazer uma reconstituição 3D de como teria sido o choque com o míssil. O armamento teria explodido a alta velocidade na parte esquerda do avião. Esse míssil explode e solta milhares de estilhaços por todo o lado a altíssima velocidade. No momento em que o avião foi atingido, outros três aviões civis também voaram nas proximidades e o espaço aéreo da Ucrânia estava aberto para a aviação comercial. 
Veja mais no vídeo abaixo (em inglês):