Translate

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Astronauta da Apollo 16 que deixou um retrato de família na Lua revela a sua "mensagem oculta"


O homem mais jovem a andar na lua, o astronauta Charles Duke, deixou em 20 de abril de 1972 na Lua um retrato de sua família, com seus dois filhos e sua esposa, uma imagem que permanece na Lua até hoje.
Charles Duke, o astronauta mais jovem que andou sobre a superfície da lua, depositou sobre a superfície lunar o retrato de sua família durante a missão Apollo 16, em 20 de abril de 1972, lembra 'Business Insider'.
De acordo com o astronauta, para excitar os seus filhos, ele perguntou: "Você gostaria de ir para a lua comigo?". E então ele sugeriu: "Podemos tirar uma foto para que toda a família possa ir para a lua". Na parte de trás da imagem Duke escreveu: "Esta é a família do astronauta Charlie Duke do planeta Terra, que pousou na Lua em 20 de abril de 1972"."Quando deixei lá, foi apenas para mostrar as crianças que realmente eu tinha deixado lá", explica.
Tem sido mais de 43 anos desde que Duke em 1972 aos 37 anos, caminhou na lua. E enquanto os vestígios deixados na superfície lunar quase inalterado, o astronauta suspeita que a imagem não esteja em muito bom estado. "A temperatura da lua a cada mês chega até até 200 graus Celsius na área de desembarque e durante a noite diminui para cerca de -17 graus", explica ele. Infelizmente, não há maneira de determinar se a imagem está arruinada porque é pequeno demais para os satélites lunares detecta-la.
NASA