Translate

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Cientistas descobrem uma órbita de origem inexplicada no sistema solar


Astrônomos americanos descobriram a órbita incomum de o objeto mais distante no sistema solar, que é três vezes mais longe do Sol do que Plutão. A órbita parece ter sido submetido a um impacto de outros planetas desconhecidos ou estrelas próximas.
O novo planeta anão, chamado 'V774104' foi descoberto em outubro de 2015. Seu diâmetro é de entre 500 e 1.000 quilômetros. Para determinar com precisão a sua órbita, os cientistas terão pelo menos um ano. Agora V774104 está localizado a uma distância de 15,4 milhões de quilômetros (103 unidades astronômicas) do Sol, relata 'New Scientist'.
"Não sabemos nada sobre sua órbita", diz Scott Sheppard, da Instituição Carnegie de Washington, Estados Unidos, cuja equipe descobriu o novo objeto no sistema solar."Sabemos apenas que é o objeto mais distante conhecido", acrescenta o cientista.
Sheppard anunciou a descoberta em 10 de novembro em uma reunião da Divisão de Ciências Planetárias da Sociedade Astronômica Americana, realizada no Porto Nacional, em Maryland.